fau41.png

ir e vir

concurso de ideias para estudantes de arquitetura

 

“O direito à cidade vai além da liberdade individual de ter acesso aos recursos urbanos: é o direito de nos transformarmos ao transformar a cidade.”

- David Harvey e Andrew Harod [1]

 


Os desafios recentes atrelados à pandemia abrem nossa percepção para entender espaços públicos como ambientes de troca cultural e emocional, desafiando a noção estabilizada de “cidadãos racionais”, nos retratando como indivíduos guiados por paixões e emoções. Foi evidenciada a importância da mobilização coletiva e da responsabilidade individual, o comprometimento civil e o exercício mais consciente da cidadania, ainda que a partir de seu aparente avesso, o isolamento. No campo da arte e da arquitetura, o engajamento junto a agentes democráticos emergentes não-
governamentais se potencializa como tarefa crítica. O bem-estar do processo democrático está ligado à capacidade de expressão, individual e de grupos remotamente articulados, bem como à saúde emocional e mental. O espaço público pode ser entendido na dualidade entre emoção e silêncio, como uma zona potencial de dizer a verdade, onde verdade e coragem se encontram.
[2] Essa zona é o que pode nos envolver ativamente na recuperação de traumas. A tensão entre silêncio e
verdade nos espaços públicos é agora, mais do que nunca, desafiada pela sobreposição de riscos à saúde e a convivência pública. Nesse contexto, é possível vislumbrar o nascimento de uma nova ética do espaço público, particular ao processo de fechamento e abertura das cidades.

As restrições de mobilidade recentemente nos tornaram mais locais do que nunca. Desenvolvemos uma crescente apreciação por nossos entornos mais imediatos, da janela de uma sala aos olhos sorridentes de um vizinho. Em um mundo de colapso social e ambiental, somos convidados a nos acolher em nossas origens culturais e contornos físicos imediatos. O cotidiano se dá entre o café, o entregador, o porteiro e a internet, pequenos rituais de separação e o fingimento da transição.
Ganhamos sensibilidade em relação ao doméstico e ao ambiente urbano e natural de uma maneira que poderia ser considerada, ao mesmo tempo, hiper-global e anti-global. O uso cotidiano intensificado dos meios digitais nos insere num convívio virtual fantástico. Nossa capacidade de estar em qualquer lugar virtualmente nos leva à sensação simultânea de um todo-lugar e de um lugar-nenhum.

Ir e Vir convoca estudantes de arquitetura a ponderar sobre o impacto dessas dualidades em nosso imaginário e seus rebatimentos sobre o fazer da cidade contemporânea através de projetos de arquitetura. Vivamente inseridos em um presente histórico intensificado, reconhecemos a necessidade de elevar o caráter experimental do projeto ao instigar novas reflexões sobre a arquitetura e os processos urbanos recentes decorrentes da pandemia. Três situações de projeto poderão ser abordadas separadamente ou em conjunto.

1. HARVEY, David e HAROD, Andrew. Social Justice and the City. Athens: University of Georgia Press, 2009, p.315. 2. WODICZKO, Kristoff. ”Art, Trauma, and Parrhesia”, Ethics of The Urban: The City and The Spaces of The Political, MOSTAFAVI, Mohsen (ed.). Zurich: Lars Müller, 2017.

EIXOS TEMÁTICOS

1. O edifício que respira
2. Pavilhão da consciência coletiva
3. Cidades e vizinhanças
 
 

CRONOGRAMA

Lançamento do concurso

Abertura das inscrições

26.

09 

Encerramento das inscrições

30.

10 

​Resultado

Conferência de divulgação dos finalistas e menções honrosas com comentários da comissão julgadora

25.

08 

Dúvidas

Prazo final para o envio de perguntas

10.

10 

Submissão

Prazo final para o envio das propostas

24.

11 

JÚRI

Nelson Brissac

PUC-SP

Guilherme Lassance

FAU-UFRJ

Pablo Benetti

FAU-UFRJ

Mara Eskinazi

FAU-UFRJ

Diego Portas
FAU-UFRJ

Margareth Pereira

FAU-UFRJ

Gustavo Rocha-Peixoto

FAU-UFRJ

Marina Correia

FAU-UFRJ

Organizadora

Ana Slade

FAU-UFRJ

Organizadora

Giovany Bicalho

FAU-UFRJ

Monitor DPA

Renan Vargas

FAU-UFRJ

Monitor DPA

5 FINALISTAS

+ MENÇÕES HONROSAS

Apreciação dos Trabalhos


As propostas serão divulgadas e comentadas pela comissão julgadora em conferência virtual no dia 24 de Novembro de 2020. Os trabalhos serão analisados por um grupo de professores e arquitetos em duas etapas. Na primeira, a comissão julgadora é composta por docentes da instituição organizadora, FAUUFRJ. Na segunda, a comissão julgadora é composta por avaliadores externos convidados, que definirão a seleção final das propostas. Até 5 trabalhos serão qualificados como finalistas, sem classificação. Menções honrosas poderão ser atribuídas por membros do júri externo.

Os trabalhos serão publicados em meios impressos e digitais, buscando-se a mais ampla divulgação dos resultados em plataformas virtuais de arquitetura e urbanismo. É prevista também a montagem de uma exposição itinerante nacional, a ser compartilhada pelas instituições de ensino envolvidas.

 
 

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

Envie sua proposta!

Alunos de graduação atualmente matriculados no curso de Arquitetura e Urbanismo ou recém-formados (em até um ano da data de abertura das inscrições do concurso) poderão inscrever-se em um ou mais eixos de experimentação projetual. A ideia pode ser submetida individualmente ou em grupos de até 4 alunos.

Requisitos de Inscrição


- Ficha de inscrição preenchida por um representante do grupo (apenas 01 por grupo).
- Comprovante de inscrição em instituição acadêmica. Recém-formados devem enviar qualquer documento que comprove que sua colação de grau aconteceu em até um ano da data de abertura das inscrições do concurso (diploma onde conste data de colação de grau, declaração em que conste a data de colação de grau, entre outros). Devem constar os comprovantes de todos os membros da equipe, anexados em um único arquivo PDF de no máximo 5MB.

 


Prazos


Prazo de inscrição: 10 de Outubro de 2020.
Prazo de submissão da proposta:
30 de Outubro de 2020.

Formato da entrega


A entrega das propostas deverá ocorrer unicamente por meio do site, devendo ser feito o upload do arquivo da proposta na área restrita das equipes. Não serão aceitas propostas entregues por quaisquer outros meios. A entrega deverá ocorrer até as 23h59 (horário de Brasília) do dia estabelecido no cronograma. As propostas já enviadas não poderão ser editadas. É recomendado fazer o upload antes das 18:00 hrs no mesmo dia, evitando assim problemas técnicos por sobrecarga no servidor..
Ao entregar sua proposta, a equipe automaticamente autoriza a publicação desta, juntamente com o nome de seus integrantes neste site, em redes sociais, revistas, sites e blogs parceiros, bem como quaisquer outros meios, digitais e/ou impressos.
Não serão aceitas inscrições enviadas após o prazo final, ou entradas que violem as diretrizes de anonimato, ou direitos autorais de terceiros.

Requisitos da entrega


As propostas deverão ser enviadas em um único arquivo PDF de até 10MB, em formato A3 com, no máximo 3 pranchas. Em uma das pranchas deverá constar um memorial descritivo de até 500 palavras que apresenta e sintetiza os principais conceitos da proposta. A submissão da proposta é anônima, ficando assim desclassificadas as entregas que constarem de identificação, exceto o número da ficha de inscrição. Os trabalhos serão avaliados em anonimato. Na parte inferior direita de todas as pranchas deve ser inserido apenas o número de inscrição da equipe, com fonte arial tamanho 16. Links, animações, vídeos, GIFs animados, códigos QR, códigos de barras ou recursos que não sejam imagens estáticas e texto não serão considerados. Todos os textos contidos nas pranchas devem estar na língua portuguesa. O nome do arquivo deve conter apenas o número de inscrição, ex.: IEV00000.pdf.

Organização


Marina Correia (coord.), Ana Slade, Giovany Bicalho (monitor) e Renan Vargas (monitor).
 

Departamento de Projeto de Arquitetura e Grupo de Pesquisa UrCA - prourb. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo | Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Contato

concursoirevir@gmail.com

Ilustração: Miguel Angel Palacios Carrasco

Trabalho Final de Graduação 2019 FAUUFRJ

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram